PUBLICIDADE
Topo

Tales Faria

Novo presidente da CCJ defende mudanças para área de segurança na reforma

Tales Faria

15/03/2019 04h04

Felipe Francischini (PSL-PR) é o novo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. É lá que o projeto de reforma da Previdência terá sua primeira prova de fogo.

Francischini defende uma tramitação rápida. Acha que até o final de março o texto poderá ser votado na CCJ e enviado para a comissão especial de mérito.

O deputado é filho de um ex-delegado da Polícia Federal, Fernando Francischini, que também foi deputado federal e assumiu neste ano como deputado estadual pelo PSL do Paraná.

Ao blog, Felipe disse que sua base eleitoral é composta por servidores públicos, especialmente os policiais civis, militares, federais e rodoviários.

Ele disse que o projeto de reforma da Previdência é "muito bom" e que escolherá um relator favorável o texto. Mas, no mérito, defende ajustes na parte de segurança. Exatamente a que envolve a sua base eleitoral.

Assista ao vídeo:

Sobre o autor

Tales Faria largou o curso de física para se formar em jornalismo pela UFRJ em 1983. Foi vice-presidente, publisher, editor, colunista e repórter de alguns dos mais importantes veículos de comunicação do país. Desde 1991 cobre os bastidores do poder em Brasília. É coautor do livro vencedor do Prêmio Jabuti 1993 na categoria Reportagem, “Todos os Sócios do Presidente”, sobre o processo de impeachment de Fernando Collor de Mello. Participou, na Folha de S.Paulo, da equipe que em 1986 revelou o Buraco de Serra do Cachimbo, planejado pela ditadura militar para testes nucleares.

Sobre o blog

Os bastidores da política pela ótica de quem interessa: o cidadão que paga impostos e não quer ser manipulado pelos poderosos. Investigações e análises com fatos concretos, independência e sem preconceitos.