Topo
Tales Faria

Tales Faria

Carlos Bolsonaro e aliados temem que Rodrigo Maia substitua o presidente

Tales Faria

2025-04-20T19:11:11

25/04/2019 11h11

Hoje Carlos Bolsonaro retuitou um vídeo longo de um dos seus aliados, Bernardo P. Küster. São 14m45s de ataques do youtuber e seguidor de Olavo de Carvalho ao vice-presidente, general da reserva Hamilton Mourão.

Na internet poucos, pouquíssimos internautas aguentam assistir mais de um ou dois minutos de peroração. Então o blog selecionou a parte final do vídeo, depois de 13m15s.

Retuite de Carlos Bolsonaro: impeachment de Mourão beneficia Rodrigo Maia

UOL Notícias


Pois é. O youtuber aliado de Carlos, Olavo de Carvalho & Cia diz que só o que o grupo quer é que Hamilton Mourão fique calado: pare de se colocar como uma opção moderada ao presidente Jair Bolsonaro.

Afirma, com todas as letras, que eles não querem o impeachment do vice. Por quê? Porque com a vacância do cargo, em caso de viagens (ou outra coisa), quem assumiria o comando do Planalto seria o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). É ele o segundo na linha de substituição.

Vale lembrar que, em sua recente entrevista à GloboNews, Rodrigo Maia declarou que sua relação com o presidente da República está pior do que na época em que Jair Bolsonaro era deputado. E olha que ali já não era grande coisa.

No tuíte seguinte, Carlos Bolsonaro disse:

"Dou gargalhadas quando algum ser [sic] tenta induzir que busco IMPEACHMENT de quem quer que seja! Informar e mostrar a verdade de POSICIONAMENTOS INADEQUADOS e ANTERIORES a qualquer crítica por mim revelada virou motivo para distorções e fake news. Palavra acima ["impeachment"] jamais citada por mim."    *(em negrito e entre colchetes, intervenções do blog)

Bem, quem falou que Carlos Bolsonaro usou os argumentos do pedido de impeachment apresentado à Câmara foi o próprio autor do requerimento, o deputado e pastor Marco Feliciano (e Rodrigo arquivou o requerimento):

 

Sobre o autor

Tales Faria largou o curso de física para se formar em jornalismo pela UFRJ em 1983. Foi vice-presidente, publisher, editor, colunista e repórter de alguns dos mais importantes veículos de comunicação do país. Desde 1991 cobre os bastidores do poder em Brasília. É coautor do livro vencedor do Prêmio Jabuti 1993 na categoria Reportagem, “Todos os Sócios do Presidente”, sobre o processo de impeachment de Fernando Collor de Mello. Participou, na Folha de S.Paulo, da equipe que em 1986 revelou o Buraco de Serra do Cachimbo, planejado pela ditadura militar para testes nucleares.

Sobre o blog

Os bastidores da política pela ótica de quem interessa: o cidadão que paga impostos e não quer ser manipulado pelos poderosos. Investigações e análises com fatos concretos, independência e sem preconceitos.