Topo
Tales Faria

Tales Faria

Governo, Centrão e PT fecham acordo para evitar que Coaf volte para Moro

Tales Faria

2028-05-20T19:18:52

28/05/2019 18h52

Os aliados do presidente Jair Bolsonaro fecharam acordo com o MDB, o Centrão e o PT no Senado para evitar que a medida provisória 870, da reforma administrativa, seja alterada no Senado.

Já foi iniciada a votação. Se a MP for alterada, o texto tem que voltar à Câmara para nova apreciação. Como ela perde a validade na segunda-feira (3 de junho), os deputados só teriam amanhã com quórum suficiente para aprova-la.

O acordo servirá para evitar votação nominal do destaque que propõe a permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia, conforme aprovada na Câmara, e não no Ministério da Justiça.

A estratégia será usar regras do Regimento Interno que preveem  um intervalo de uma hora entre votações nominais.

A única chance de os defensores da volta do Coaf para a Justiça vencerem seria numa votação nominal, com exposição dos nomes que forem contra o que foi reivindicado nas manifestações do último domingo.

Pelo acordo do governo com o Centrão e o PT, será pedida votação nominal para o projeto principal. Isso obrigará a que não tenha nenhuma votação nominal para destaques no prazo de uma hora.

Quando chegar a vez do requerimento sobre o Coaf, bastará o presidente do Senado, Davi Alcolumbre pedir que "permaneçam como estão" aqueles que votam contra a volta para a Justiça. E pronto.

Sobre o autor

Tales Faria largou o curso de física para se formar em jornalismo pela UFRJ em 1983. Foi vice-presidente, publisher, editor, colunista e repórter de alguns dos mais importantes veículos de comunicação do país. Desde 1991 cobre os bastidores do poder em Brasília. É coautor do livro vencedor do Prêmio Jabuti 1993 na categoria Reportagem, “Todos os Sócios do Presidente”, sobre o processo de impeachment de Fernando Collor de Mello. Participou, na Folha de S.Paulo, da equipe que em 1986 revelou o Buraco de Serra do Cachimbo, planejado pela ditadura militar para testes nucleares.

Sobre o blog

Os bastidores da política pela ótica de quem interessa: o cidadão que paga impostos e não quer ser manipulado pelos poderosos. Investigações e análises com fatos concretos, independência e sem preconceitos.