Topo
Tales Faria

Tales Faria

“Sérgio Moro devia pedir demissão após esse acordo do Bolsonaro”, diz líder

Tales Faria

2029-05-20T19:08:37

29/05/2019 08h37

Líder do bloco de oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP) diz que o grande derrotado na votação da medida provisória 870, nesta terça-feira (28), foi o ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Segundo ele, os 30 senadores que, após a votação, revelaram seu voto contra a transferência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia mostraram que haveria maioria (de 39 dos 78 senadores presentes) se votação fosse nominal.

"Houve um acordo do presidente Jair Bolsonaro com o PT e o Centrão para impedir a votação aberta. Teve como grande articulador o líder do governo, Fernando Bezerra (MDB-PE)."

Randolfe Rodrigues deixou o plenário dizendo que Moro foi traído pelo presidente, ao ser obrigado a assinar uma carta pedindo que os senadores mantivessem o Coaf no Ministério da Economia.

"O presidente nunca teve interesse em que o Coaf ficasse na Justiça. O Sérgio Moro foi o grande derrotado nessa história. Devia pedir demissão", disse ao blog o senador.

Sobre o autor

Tales Faria largou o curso de física para se formar em jornalismo pela UFRJ em 1983. Foi vice-presidente, publisher, editor, colunista e repórter de alguns dos mais importantes veículos de comunicação do país. Desde 1991 cobre os bastidores do poder em Brasília. É coautor do livro vencedor do Prêmio Jabuti 1993 na categoria Reportagem, “Todos os Sócios do Presidente”, sobre o processo de impeachment de Fernando Collor de Mello. Participou, na Folha de S.Paulo, da equipe que em 1986 revelou o Buraco de Serra do Cachimbo, planejado pela ditadura militar para testes nucleares.

Sobre o blog

Os bastidores da política pela ótica de quem interessa: o cidadão que paga impostos e não quer ser manipulado pelos poderosos. Investigações e análises com fatos concretos, independência e sem preconceitos.